Dicas 02 janeiro 2015
Tiramisù: uma receita italiana deliciosa | Foto: Alexis Fam/Creative Commons

Só o nome é uma delícia: "Tirami su". Em italiano quer dizer qualquer coisa como "levanta-me o astral".

Comecemos com uma breve história do tiramisù só para fazer abrir o apetite. A sobremesa tem poucos anos de vida, pelo menos se comparada com os centenários doces conventuais a que estamos habituados.

O tiramisù não consta nos livros de receitas italianas até aos anos 60 do século passado. A sua origem é dúbia. Há quem situe o local de nascimento na mesma cidade italiana que viu nascer a Benetton: Treviso; mas também há quem garanta que surgiu em Siena, por ocasião da visita de um membro da ilustre família Médici: Cosimo III, no século XVII, mas daria então pelo nome de "Zuppa del Duca" (Sopa do Duque).

Será que a família florentina, além da influência política e do mecenato, também contribuiu para esta especialidade da gastronomia italiana? Deixemo-nos de história e vamos diretos ao assunto.

Para fazer o verdadeiro tiramisù italiano, precisas de muito pouco:

Biscoitos de champanhe q.b. (quanto baste)
3 gemas de ovos
1 embalagem de mascarpone
1 pacote de natas
120 gramas de açúcar; leite com café; chocolate em pó (com Nesquik, Cola-Cao ou Suchard Express fica ótimo)

Mãos na massa:

Num prato de sopa mistura leite com uma ou duas colheres de café solúvel.
Põe a aquecer no micro-ondas.
Depois de morno, embebe os biscoitos de champanhe um a um, de modo a não ficarem muito moles e dispõe-os no fundo de um pirex.
Numa taça, bate as natas até ficarem bem cremosas.
À parte, bate também o açúcar com as três gemas e depois o mascarpone.
Tudo bem batido? Podes então juntar as natas ao creme.
Se já tiveres o fundo do pirex forrado com os biscoitos, esta na hora de colocar o creme por cima.

Os retoques finais são simples:

Com a ajuda de um colher de sopa, polvilha a sobremesa com o chocolate em pó.

A receita não leva mais do que 20 minutos a fazer.

O que demora é o tempo que fica no frigorífico: para obter a consistência ideal, deve estar pelo menos doze horas no frio. Está com o aspeto da fotografia?! Só falta mesmo provar...

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar