Desporto 18 agosto 2016
Os melhores do Horseball estão em ponte de Lima | Fotos: Centro Equestre do Vale do Lima

A propósito do Campeonato do Mundo que se disputa em Ponte de Lima, com 30 seleções de 14 países.

O nome já diz muito sobre este desporto, mas pouco sobre a sua origem. Apesar da denominação inglesa, o 'horseball' nasceu em França nos anos 70 do século passado e expandiu-se depois para outros países, por volta de 1990 - sobretudo europeus, mas não só.

As origens deste desporto serão, porém, bem mais antigas, remontando ao treino de cavalos e cavaleiros para as guerras e a dinâmicas que reforçavam o espírito de equipa entre soldados.

Que o 'horseball' junta bola e desportistas a cavalo já se percebeu, mas como se organiza? Ora bem, os jogos de 'horseball' disputam-se entre duas equipas de quatro jogadores/cavaleiros cada. Não vale desmontar do cavalo, nem quando é necessário apanhar a bola do chão (este ato designa-se por 'ramassage', sendo que tem de ser feito com o equino em movimento).

 

Uma vez que tem a bola na mão, o jogador tem de efetuar três passes (a bola pode ser passada com uma ou duas mãos) entre três jogadores diferentes da sua equipa. Só depois poderá rematar e tentar marcar golo nas balizas que, tal como no futebol, se encontram nas extremidades do campo. Este é, no entanto, bem mais pequeno: tem 65 por 25 metros, enquanto o campo de futebol tem entre 100-110 metros de comprimento por 64-75 de largura (medidas usadas pela Fifa).

Apesar do nome, "baliza", o sítio onde os jogadores têm de colocar a bola assemelha-se mais a um cesto de basquetebol, só que em vez de o aro estar em posição horizontal, está em posição vertical, também acima dos jogadores.

Vendo bem as coisas, o 'horseball' tem um bocadinho de vários desportos. Além de basquetebol, também de andebol e, obviamente, de equitação. E, ainda, tal como o ténis, tem um árbitro sentado numa cadeirinha - o árbitro assistente. O árbitro está no campo e também monta a cavalo.

 

Falta dizer a duração de um jogo, que se joga com uma bola especial, com seis pegas de couro à volta: desenrola-se em dois períodos, cada um com a duração de dez minutos, sendo que há um intervalo de três minutos no meio.

Se estiveres interessado em conhecer em maior detalhe as regras deste jogo sugerimos-te que consultes o site da Federação Equestre Portuguesa.

SOBRE O CAMPEONATO DO MUNDO DE 'HORSEBALL' EM PONTE DE LIMA

Está a decorrer desde dia 14 de agosto e termina no próximo sábado, dia 20. As 30 equipas são de 14 países: Argélia, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, França, Reino Unido, Itália, México, Holanda, Espanha e Portugal. Ao todo, são 300 os atletas, e respetivos cavalos, em competição.

Cada dia, entre as 17 e as 24 horas realizam-se 15 jogos. As finais têm lugar no sábado, acontecendo a finalíssima às 21 e 15. Para já, a classe Pro-Elite é liderada por Portugal, França e Espanha; na classe sub-16 é a Bélgica que vai à frente, seguindo-se França, Espanha e Portugal; na classe feminina, a França está no primeiro lugar, e é seguida por Portugal, Espanha e Itália.

Os jogos são de entrada gratuita e realizam-se bem perto do centro da vila, que vale a pena visitar, tal como o Festival Internacional de Jardins, sobre o qual podes ler mais neste artigo.

 

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar