Curiosidades 09 junho 2015
A foto publicada pela Playmobil em sua homenagem | Foto: Playmobil/Facebook

Horst Brandstätter, um dos pais dos Playmobil, faleceu há dias com 81 anos. As figuras vão continuar vivas e a nascer em maior número que os bebés.

Não foi ele quem desenhou os bonecos de plástico com que todos nós brincámos quando éramos pequenos. Mas sem "Hob", como carinhosamente era tratado pelos funcionários da sua empresa, a 'Brandstätter Company', os Playmobil provavelmente não teriam existido.

Foi Hob, cujo falecimento aos 81 anos foi agora comunicado publicamente, quem encarregou o desenhador Hans Beck (falecido em 2009) de desenvolver uma linha de brinquedos inovadora, que pudesse ser constantemente expandida.

Na sequência desse pedido, vieram ao mundo essas criaturas de plástico inconfundíveis, de 7,5 centímetros. Foram apresentadas pela primeira vez em 1974 e tornaram a empresa de Hob líder na venda de brinquedos na Alemanha. Só no ano passado, as vendas da 'Brandstätter Company' em todo o mundo ascenderam aos 595 milhões de euros.

Os números que fazem a história dos Playmobil são impressionantes. Estima-se que haja 2,7 milhões de figuras destas em todo o mundo. Tantas que, se colocadas todas lado a lado, dariam três vezes a volta ao mundo.

No ano passado, a propósito da comemoração dos 40 anos destes bonecos, alguém chegou a uma conclusão engraçada: nascem mais Playmobil do que crianças! Em cada segundo, há 3,2 novos bonecos contra apenas 2,6 bebés.

Tal como as pessoas, os Playmobil também não são todos iguais. Há quase quatro mil figuras diferentes, já para não falarmos nas dezenas de espécies animais que partilham o universo Playmobil com os bonecos. 

Embora durante muitos anos os Playmobil tivessem sido vistos como um brinquedo para meninos - talvez porque eram do sexo masculino os primeiros bonecos (cavaleiros e índios) - a marca conseguiu chegar, também, ao sexo feminino.

No obituário, publicado no site da Playmobil, a empresa recorda que Hob se recusou a transferir a produção dos brinquedos para a Ásia, em busca de custos de produção mais baratos. Além da Alemanha, onde fica a principal fábrica da marca, há unidades de produção espalhadas pela Europa, em Espanha, Malta e na República Checa.

Ao todo, 4170 trabalhadores estão envolvidos na produção de Playmobil e de outros brinquedos da marca Brandstätter. São eles que garantem continuar a honrar a história de sucesso criada por Hob e a levar "sorrisos a todas as crianças do mundo".

Se és fã de Playmobil, espreita a adaptação das figuras aos grandes clássicos da pintura, feita por Pierre-Adrien Sollier.

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar