Artes 07 janeiro 2015
A Última Ceia em versão playmobil | Foto: Pierre-Adrien Soller

O francês Pierre-Adrien Sollier diverte-se a reproduzir quadros célebres. Com uma diferença: troca humanos por Playmobil.

O pintor Pierre-Adrien Sollier encontrou uma forma diferente de brincar com os Playmobil: transforma-os em personagens de obras-primas da pintura mundial. Brincadeira talvez não seja o termo certo, já que apesar de jovem, Sollier tem formação artística. É licenciado em Belas-Artes pela University of Arts de Londres.

Os seus quadros andam a dar a volta ao mundo, em fotogalerias publicadas nos mais variados sites de arte na internet. Os comentários são elogiosos. Não espanta: uma Mona Lisa em versão Playmobil arranca, no mínimo, um sorriso de espanto.

Se havia dúvidas, esta é a prova da polivalência dos playmobil. Ficam bem seja na pintura surrealista de Dali, nas obras contemporâneas de Basquiat ou nos traços clássicos de Leonardo Da Vinci.

No site da Lego ainda não há referência ao trabalho do artista francês. A equipa de marketing deve estar-lhe agradecida e a pensar: "Como é que não nos lembramos disto antes?".

Quem sabe as pinturas de Sollier não vêm a inspirar um conjunto temático da Playmobil. Se há séries de dragões, piratas, princesas, por que não há de haver uma dedicada à arte?

e-max.it: your social media marketing partner
Voltar